Celebridades

Galvão Bueno é detonado por não ir ao velório de Pelé e rebate críticas; ‘Ingrato’

Narrador se dizia amigo próximo do ex-jogador, morto na semana passada, mas faltou à cerimônia de despedida do Rei Pelé.

Galvão Bueno é mais um famoso que não foi ao velório de Edson Arantes do Nascimento e, agora, está sendo detonado nas redes sociais. A cerimônia de despedia começou às 10 horas desta última segunda-feira (02), na Vila Belmiro, em Santos.

Para amenizar as críticas, Galvão usou o Instagram para justificar sua ausência na despedida a Pelé. Ele disse estar fora do Brasil, ressaltando, ainda, a diferença de fuso horário.

Segundo o narrador global, por mais que ele se esforçasse, não conseguiria chegar a tempo. Ainda de acordo com Galvão Bueno, ele precisa viajar a trabalho para o Japão, inclusive, já arrumando as malas para a viagem.

Galvão contou como conheceu Pelé

Ele contou que a primeira vez que viu Pelé jogando, tinha apenas 13 anos. O narrador até matou aula para assistir um jogo no Pacaembu, quando o Santos enfrentou a Portuguesa.

Quando o jogo terminou, Galvão invadiu o campo e foi correndo até o vestiário do Santos, onde finalmente ficou conhecendo o atleta. Só que esta história não ajudou muito, pois os internautas continuaram criticando o narrador da Globo.

Galvão Bueno foi duramente criticado

Ingrato“, criticou um internauta. Outro disse que foi uma tremenda falta de consideração. E as críticas não pararam por aí, muitos deixaram comentários reclamando de Galvão, por não ter ido despedir de quem ele dizia ser ‘amigo’.

Neymar também foi muito criticado por não comparer ao velório de Pelé. Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra o jogador do PSG se divertindo em uma festa, enquanto o velório era realizado na Vila Belmiro.