Notícias

Carros são ‘engolidos’ por cratera em avenida; 4 corpos foram encontrados na manhã seguinte

Asfalto cedeu na Avenida na noite de quarta-feira (28). As vítimas foram localizadas na manhã desta quinta-feira (29).

Uma cratera foi formada em cima de uma avenida de Araraquara no interior de São Paulo. A fatalidade ocorreu na noite desta última quarta-feira (28), o buraco ‘engoliu’ dois carros que passavam no local. Na manhã desta quinta (29), foram encontrados quatro corpos pelo Corpo de Bombeiros, uma das vítimas era uma professora de Sorocaba (SP).

A cratera aconteceu na Avenida Padre Francisco Sales Colturato, conhecida como Avenida 36. Por conta do grande volume de águas na última semana, o asfalto cedeu em um trecho com sentido bairro/Centro. Com o acidente, dois carros foram violentamente arrastados para o córrego Das Cruzes.

O Corpo de Bombeiros iniciou às buscas ainda na noite do acidente. Por conta da pouca visibilidade, as buscas foram suspensas e o trabalho foi retomado pela manhã. Uma força tarefa com a Polícia Militar, Defesa e Guarda Civil e de Trânsito atuam no local, que segue interditado.

Os corpos achados foram levados para a funerária, em Araraquara. Entre os ocupantes do veículo, está a professora de educação física da Escola Estadual Antônio Padilha, de Sorocaba, Grace Santos Leite, de 52 anos. Também estavam no carro um casal de gêmeos, de 15 anos, e uma menina, de 10 anos, que esta ainda está desaparecida, além de um casal que seria parente da professora.

Segundo o delegado Marco Aurélio Barbosa, o helicóptero Águia da PM foi acionado para ajudar nas buscas das vítimas. “Recebemos ajuda do Águia, que vai fazer um sobrevoo para verificar se há mais vítima, mais veículos e uma situação mais real do que aconteceu nesta madrugada”, informou ele.

Informações repassadas pelo site Climatempo, o município do interior de São Paulo registrou um alto volume de chuvas, chegando a 195 milímetros. Essa quantidade de águas causaram diversos pontos de alagamento, com ocorrências de destruição.

Um outro óbito na região foi registrado. Em São Carlos, próximo à Araraquara, uma mulher faleceu após ser arrastada pela enxurrada, no mesmo dia. Claudia Maria Guerreiro, de 53 anos, atravessava uma rua no momento da chuva. Ela se desequilibrou ao pisar em um buraco e foi arrastada pela água. Na referida cidade, choveu 241 milímetros durante a manhã e tarde, alagando o Centro, cobrindo e arrastando veículos.