Notícias

Família lamenta perda inconsolável de menino que morreu ao comer doce: ‘Te amar pra sempre’

Polícia diz que o acidente aconteceu na tarde de segunda e a criança morreu na terça (27).

O pequeno Arthur Martins Mariano, de apenas 7 anos, deixou sua família desolada neste fim de ano. O caso abarca sobre o consumo de chiclete, o garoto faleceu após ao se engasgar com o doce, na última segunda-feira, 26 de dezembro. Ele era morador da cidade de Tupã, São Paulo.

Informações apontam que ele mastigava o chiclete quando se engasgou. Arthur chegou a ser socorrido e levado para Santa Casa de Tupã (SP), onde recebeu os primeiros socorros. O garoto também foi transferido para a Santa Casa de Marília para atendimento, mas infelizmente, o pequeno não resistiu e faleceu na terça-feira, 27 de dezembro, algumas horas depois do acidente. O caso foi registrado e a Polícia Civil fará as investigações pertinentes.

A morte da criança pegou familiares e amigos de surpresa, pois ele era ainda muito novo. Através de uma publicação no Facebook, a tia de Arthur comunicou o falecimento do sobrinho aos demais: “É com muita dor no coração que venho comunicar que meu sobrinho não resistiu. Vou te amar pra sempre”, disse a tia de Arthur.

Milhares de internautas se manifestaram na postagem prestando as condolências aos parentes da criança. Em outra postagem, uma montagem com a foto de Arthur com asas foi compartilhada na mídia. “Meu anjinho”, diz a publicação.

“Sem palavras! Meus sinceros sentimentos a todos. Como dói em nós que somos mães também. Essa mãe sem dúvida está despedaçada! Meu pai. Dê conforto a ela e a todos os familiares e amigos”, desejou uma amiga da tia.

“Tristeza, meu Deus! Somente o Senhor para fortalecer todos os familiares e amigos. Que dor! Os anjos recebem um anjo, meus sentimentos, sem palavras”, comentou outra.

A maioria dos pais acham melhor evitar que os filhos consumam doces nos primeiros anos de vida, pois além de não ser saudável, a inserção de açúcar no organismo pode acabar provocando diabete e obesidade infantil. No caso de Arthur, a fatalidade veio através de um engasgamento com chiclete.