Notícias

Marido leva amante em grupo de oração junto da esposa e recebe duro castigo

O castigo veio de um modo inusitado.

No estado do Ceará aconteceu um caso de traição que vem chamando a atenção na web. De acordo com informações do Diário do Nordeste, o marido mantinha uma relação extraconjugal em seu casamento e ele teria chegado a levar a segunda mulher até a um grupo de orações que frequentava com a esposa.

A união amorosa do casal durou cerca de 22 anos, sendo 8 desses marcados pela infidelidade do homem, que para o seu azar, foi descoberto e recebeu um duro castigo: o pagamento de uma indenização à sua esposa.

Marido é condenado pela Justiça

Após a esposa procurar um advogado e entrar com uma ação, a Justiça do estado do Ceará bateu o martelo e decidiu que o homem deverá pagar uma indenização.

Conceição Martins, especialista responsável pela busca dos direitos de sua cliente, a mulher que foi traída, deu mais detalhes sobre o relacionamento do casal: “A esposa era constantemente humilhada e induzida a erro pelo marido, pois, ao confrontá-lo, ele questionava a sua sanidade mental. Ela sofreu diversos abalos psicológicos, pensando inclusive em suicídio”.

O caso corre em segredo de Justiça

Os nomes dos envolvidos, da juíza e do valor a ser pago na indenização não foram divulgados devido ao sigilo resguardado pelo caso correr em segredo de justiça.

É válido ressaltar que o Código Civil brasileiro não garante condenação por danos morais em caso de traição no casamento, mas a juíza responsável teria reunido elementos que justificariam a decisão tomada, que segundo ela, se trata de uma exposição pública e de uma situação vexatória e humilhante para a mulher.