Notícias

Suzane Von Richthofen vivia de boas regalias na prisão antes de ganhar liberdade; tratamento não era nada parecido com as demais detentas

Condenada por matar os pais em 2002, Suzane cumpria pena na Penitenciária Feminina em Tremembé (SP).

No dia 10 de janeiro de 2023, a jovem que ficou famosa após ter comandado a morte de seus pais, Suzane Von Richtofen, ganhouliberdade pela Justiça de São Paulo. Ela recebeu a oportunidade após ter a progressão de pena para regime aberto. A estudante foi condenada à prisão pelo assassinato do casal Manfred e Marísia Von Richtofen.

A condenada cumpria pena no presídio feminino I Santa Maria Eufrásia Pelletier em Tremembé, localizado no interior do estado de São Paulo. Na prisão, Suzane teve algumas peculiaridades que não tão comuns e um tratamento diferencial das demais detentas.

A condenação da estudante foi decidida em julho de 2006. Quando saiu do tribunal onde foi condenada, ela voltou para Rio Claro, interior paulista, onde estava presa. A criminosa teria acreditado que seria absolvida do crime, e logo no dia seguinte, ela foi visitada por Denivaldo Barni, amigo da família e advogado.

Em sua condenação Suzane teria chorado bastante e de acordo com o Estadão, o amigo e advogado levou pizza de chocolate para ela no presídio. Além disto, ela teria também comido frutas, enquanto outras detentas, do mesmo presídio, comiam macarronada com frango. O defensor chegou a levar outros itens para ela, como refrigerante, cigarro e roupas, regalias que apenas a milionária conseguia.

Artesã e pastora

Dentro do confinamento, Suzane Von Richtofen produzia artesanato e confecção de costura, com atividades de seis a oito horas diárias. A condenada também quis ser pastora e, em um depoimento sobre perdão, foi aplaudida por cerca de 300 pessoas presentes. Ela se casou em 2014 com uma detenta que conheceu dentro da detenção de Tremembé.

A também presidiária e esposa de Suzane era Sandra Regina, mais conhecida como Sandrão pelas demais. Ela estava cumprindo pena pelo sequestro e assassinato de um adolescente de apenas 14 anos. A mulher também ficou conhecida por ter se relacionado anteriormente com Eliza Matsunaga.