Notícias

‘Traição’; Jovem que morreu ao cair do 5º andar foi violentada há 3 meses quando estava bêbada

A jovem faleceu durante uma festa realizada em um flat, sendo que, meses antes, havia procurado a polícia por conta de um abuso.

As circunstâncias da morte de Isis Tabosa Araújo continuam sendo objeto de investigação para as autoridades policiais. A jovem faleceu depois de cair do 5º andar de um flat localizado em Águas Claras. O dono do imóvel, José Américo da Silva Júnior, chegou a ser preso por “favorecimento pessoal e fraude processual“. Ele deixou o apartamento na companhia do namorado da vítima depois do ocorrido, mas recebeu liberdade provisória por decisão da Justiça.

A jovem estava em uma festa no apartamento, acompanhada por outras quatro pessoas. As investigações são conduzidas pela Polícia Civil, sendo que todas as testemunhas presentes no imóvel no momento da tragédia já foram entrevistadas.

Vítima de queda em flat foi violentada há três meses

Em outubro do ano passado, a vítima procurou as autoridades policiais para relatar um caso de violência. A jovem participava de outra festa, desta vez na companhia de cinco pessoas, incluindo o namorado. Após o consumo de bebidas alcoólicas, Isis teria ficado embriagada e, cansada, deitou-se para dormir.

Momentos depois, a jovem alegou ter despertado com um homem acariciando o seu corpo e, na sequência, dando início às relações íntimas. Inicialmente, a vítima acreditou que se tratava do namorado, mas percebeu que o homem era um dos amigos do casal, que também participava da festa. Em meio ao ato, o namorado apareceu no quarto e, flagrando a cena, chegou a acusá-la de traição.

Namorado gravou vídeo do abuso

Uma das provas mais importantes para a apuração da violência é um vídeo gravado pelo próprio namorado da vítima. As imagens estão sob o domínio das autoridades policiais, que devem ouvir novas testemunhas nos próximos dias.