PUBLICIDADE

Advogado pede prisão de William Bonner em Brasília

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal indeferiu uma ação impetrada por um advogado, que pedia a prisão do âncora do jornal mais famoso do Brasil nos dias atuais.

Na ação, o advogado acusou William Bonner de fazer parte de uma “organização criminosa” que agia a favor da vacinação contra a Covid-19. O apresentador virou o alvo principal dos seguidores do presidente Bolsonaro, desde que começou a denunciar as irregularidades e omissões, que resultaram num número absurdo de vítimas fatais do coronavírus.

PUBLICIDADE

bonner

PUBLICIDADE

Sem limites, e aparentemente sem noção alguma, os seguidores lunáticos agem contra a campanha de vacinação, espalhando mentiras e inverdades que são desmentidas diariamente pelo jornalista, durante a apresentação do Jornal Nacional.

PUBLICIDADE

William Bonner e Renata Vasconcellos já chegaram até mesmo a serem processados, porém quando a justiça analisa os casos, geralmente os arquivam, visto que os mesmo só atendem aos interesses de uma parcela de mentecaptos.

PUBLICIDADE

Na noite deste domingo, dia 16/01, o jornalista fez uma publicação em seu perfil oficial do Instagram onde usou uma foto em preto e branco, com cara de espanto. Seria uma resposta bem humorada para todos os que desejam sua prisão, a publicação foi bem recebida por seus seguidores, que reagiram com muita ironia.

PUBLICIDADE

Motivo da prisão?

O autor do pedido de prisão argumentou no pedido que fez a justiça, que o apresentador deveria ser preso imediatamente, pois incentivava a vacinação obrigatória de crianças e adolescentes, e também do passaporte sanitário.

A juíza Gláucia Falsarella Pereira Foley alegou em seu despacho que as alegações do advogado eram “delírios negacionistas”, e indeferiu o pedido de prisão contra o apresentador da Rede Globo.

Na postagem que fez em seu perfil, onde não citou o fato do pedido de prisão, William Bonner recebeu o apoio e carinho de muitos seguidores. Até agora o âncora do Jornal Nacional tem pautado sua postura na ética e no conhecimento científico, recomendando a todos as medidas de proteção, como: vacinação para todos, medidas de higiene e distanciamento social.