Notícias

Golpe do amor: idoso cai em armadilha de adolescente e perde R$ 500

Um caso chocante de violência e covardia veio à tona nesta semana, envolvendo um idoso de 71 anos e uma adolescente de 16 anos, que se conheceram pelo aplicativo de namoro. O homem, que acreditava estar se relacionando com uma mulher de 19 anos, foi surpreendido por três criminosos, que o sequestraram e o forçaram a fazer transferências bancárias via PIX, totalizando um prejuízo de R$ 500. O idoso foi encontrado pela polícia em uma área de mata no Morro do Voturuá, em São Vicente, litoral de São Paulo, após sua filha denunciar o desaparecimento e a movimentação suspeita em sua conta bancária.

Segundo as investigações da Delegacia de Homicídios de Santos, o idoso e a adolescente mantiveram contato pelo aplicativo de namoro durante cerca de uma semana. A jovem mentiu sobre sua idade, dizendo ter 19 anos, e convenceu o homem a marcar um encontro com ela no último domingo (23), em frente ao canal 6, em Santos.

Após o encontro, o idoso levou a adolescente para sua casa, onde ela alegou ter problemas de comunicação com sua mãe. Sensibilizado, o homem ofereceu uma carona para levá-la até a casa de sua família em São Vicente. Ao chegarem ao local indicado, foram abordados por três homens armados, que renderam o idoso e o levaram para o cativeiro.

O idoso foi levado para o alto do Morro do Voturuá, em uma área próxima à vegetação. Lá, ele foi ameaçado e coagido a fazer várias transferências bancárias via PIX, que somaram R$ 500. Os criminosos também roubaram seus documentos, seu celular e seu crachá.

A filha do idoso, que tem acesso à sua conta bancária, percebeu a movimentação incomum e estranhou o sumiço de seu pai. Ela acionou a polícia na manhã de segunda-feira (24) e registrou um boletim de ocorrência. A partir das informações fornecidas, os policiais iniciaram as buscas pelo idoso sequestrado.

Os agentes usaram os dados de GPS do celular da vítima para rastrear sua localização. Ao chegarem ao local indicado no Morro do Voturuá, eles começaram a vasculhar a área, na tentativa de encontrar o cativeiro onde o idoso poderia estar sendo mantido.

Durante as buscas, os policiais militares notaram a presença de uma adolescente de 16 anos, que agia de forma suspeita. A jovem foi abordada e, em seu poder, foram encontrados documentos e um crachá com o nome da vítima, o que aumentou a preocupação dos policiais em resgatar o idoso rapidamente.

Com a prisão da adolescente, os policiais intensificaram as buscas e conseguiram localizar o idoso deitado em meio à vegetação da região. Nesse momento, três suspeitos que estavam próximos ao local fugiram em direção a uma área de difícil acesso, conseguindo escapar do cerco policial.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Homicídios de Santos e registrado como infração de extorsão, sequestro, roubo e cárcere privado. A adolescente foi levada para uma instituição da Fundação Casa, onde aguardará as decisões das autoridades judiciárias.

O idoso foi socorrido e levado para um hospital, onde recebeu atendimento médico. Ele passa bem e está sob os cuidados de sua família.

O caso serve de alerta para os usuários de aplicativos de namoro, que devem tomar cuidado com as pessoas que conhecem pela internet e verificar a veracidade das informações que recebem. Além disso, é importante não compartilhar dados pessoais ou financeiros com estranhos e evitar se expor a situações de risco.

Mostrar mais