Notícias

Tragédia na BR-153: Ultrapassagem Imprudente Ceifa Vidas

Uma tragédia avassaladora se abateu sobre a BR-153, deixando uma comunidade devastada e um vídeo chocante como testemunho de um momento que jamais será esquecido. Um acidente terrível, resultado de uma ultrapassagem proibida, ceifou vidas e desencadeou uma onda de tristeza profunda.

O sepultamento de Gustavo Henrique de Oliveira da Silva, um adolescente de apenas 12 anos, e de sua madrasta, Edna Nabas Soares, de 43 anos, ocorre em São José do Rio Preto (SP). Uma jornada que começou com alegria e expectativa para o casamento de sua filha, Edna, acabou de forma inimaginável, marcada pela tragédia.

O velório teve início no Cemitério São João Batista, e o sepultamento acontecerá no mesmo local, enquanto a comunidade lamenta a perda irreparável.

O fatídico acidente ocorreu em um trecho crítico da rodovia BR-153, sobre a ponte do Rio Tibiriçá, em Marília (SP). Um veículo, realizando uma ultrapassagem proibida, cruzou o caminho de Edna e Gustavo, forçando uma manobra desesperada. O resultado foi uma colisão violenta com um caminhão que seguia em direção oposta, um momento capturado pelas câmeras do caminhão que registram a ultrapassagem imprudente.

O impacto foi devastador, e tanto a motorista quanto seu enteado perderam a vida instantaneamente. O sonho de uma celebração de casamento se transformou em uma tragédia sem sentido.

Enquanto a comunidade enlutada busca compreender a magnitude da perda, o motorista responsável pela ultrapassagem ilegal fugiu do local, mas a justiça logo o alcançou. Descobriu-se que o idoso de 75 anos estava dirigindo com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida desde 2020, agravando ainda mais a tragédia.

As lágrimas de tristeza e a raiva pela imprudência tomaram conta da região. Enquanto os entes queridos se despedem de Gustavo e Edna, a memória deste trágico episódio permanece como um lembrete angustiante dos perigos nas estradas e das vidas preciosas perdidas devido à imprudência.

Mostrar mais