PUBLICIDADE

Vídeo íntimo de Natália do ‘BBB 22’ é vazado nas redes

Natália, que faz parte do grupo Pipoca da casa mais vigiada do Brasil, teve um vídeo íntimo vazado nas redes sociais. Após o lamentável ocorrido, a equipe que cuida da carreira da modelo se manifestou na conta oficial dela e garantiu que todas as medidas cabíveis serão tomadas. A equipe ainda fez um apelo para que os internautas denunciassem o material.

“Atenção. A Equipe já está ciente das mídias que estão sendo compartilhadas e iremos tomar as medidas cabíveis. O compartilhamento desse conteúdo é um desrespeito a participante enquanto mulher e também a família dela”, escreveu a equipe em nota oficial compartilhado nas redes.

PUBLICIDADE

“Isso é muito sério e nenhuma pessoa deveria passar por essa exposição. Pedimos que denunciem todas as publicações e também perfis que estão compartilhando. Precisamos derrubar esse conteúdo e precisamos da ajuda de vocês!”, adiciona a equipe de Natália.

PUBLICIDADE

natalia

PUBLICIDADE

Vale destacar que a distribuição de tal conteúdo é constituído crime no Brasil. Muitos internautas aderiram o movimento pedido pelos administradores do perfil de Natália que afirmaram que estão denunciando. Contas de outros participantes do “BBB 22”, como Rodrigo, Eslovênia, Brunna, Naiara, Paulo André, Lucas, Laís e de ex-participantes também prestaram apoio.

PUBLICIDADE

“Não está autorizado! Papo retão: não é Lumãe não viu, é a lei. Natália está sendo vítima de um crime. Segundo o código penal brasileiro é crime divulgar material íntimo, cena de sexo, nudez ou pornografia, sem consentimento. Tá autorizado denunciar muito o vídeo”, disparou, Lumena no Twitter.

PUBLICIDADE

“Importante. Não compartilhem vídeos íntimos sem consentimento, além de ser crime, atinge e invade a intimidade de uma pessoa e de toda sua família! Lamentamos o ocorrido com a Natália e aos seguidores pedimos que denunciem, caso tenham acesso a esse conteúdo”, redigiu o perfil de Jessilane.

“Divulgação de imagens pessoais sem consentimento É CRIME! Estamos em um jogo onde existe rivalidade, mas acima de tudo tem que existir o fair play. Pedimos à nossa torcida pra que não compartilhem essas mídias que estão circulando e que ajudem a denunciar”, escreveu a equipe de Bárbara.